Os usos da linguagem na charge! Ei pessoal dá uma ajuda aê!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os usos da linguagem na charge! Ei pessoal dá uma ajuda aê!

Mensagem por Carla Karine em Ter 30 Set 2008, 09:20

OS USOS DA LINGUAGEM NO GÊNERO CHARGE


Aline de Sousa Nascimento
Carla Karine Oliveira Souza
Jéssica Maria Mota Medeiros

Introdução

O interesse pela linguagem é muito antigo, remontam ao século IV a.C os primeiros estudos. A linguagem como capacidade de expressão dos seres humanos é natural e pode ser expressa de diversas formas, sabendo-se que a linguagem tem uma função comunicativa, o presente trabalho tem por objetivo estabelecer uma relação entre a linguagem visual e escrita nas charges que por exigência do gênero, possuem um tom crítico-argumentativo e levam o leitor a refletir sobre o contexto espacial, social e político.

Com referência ao conhecimento de mundo ou enciclopédico, pode-se afirmar que se a identificação de um determinado gênero ou a compreensão de uma mensagem não for possível, isso se deve a falhas de conhecimento do leitor. Corroborando com esse conceito tencionamos demonstrar ao longo do trabalho por que isso ocorre e de que forma é possível superar essa deficiência. Segundo Machado, I. (1995, p. 70) “A enunciação não é apenas verbal, mas refere-se a tudo que contribui para sua apreensão. O não dito é também comunicação”. Tendo em vista que a charge aborda acontecimentos relacionados a um determinado momento e lugar é importante salientar que esse tipo de gênero pode possuir vida efêmera.

Alguns pesquisadores já se debruçaram neste tema, entre eles Bronckart (1999, p. 71) que analisa os textos como possuidores de “mecanismos de textualização e mecanismos enunciativos”. Assim, podemos dizer que há uma relação de continuidade entre a imagem e o texto afim de se obter um sentido. Todo gênero é formado por determinados tipos de textos ou, como denominam alguns estudiosos do gênero, por seqüências ou modalidades textuais. No caso da charge pode-se dizer que se trata de um gênero cuja modalidade textual preponderante é a argumentativa, no sentido de transmissão de uma posição crítica. Brandão (1998, p. 87) analisando o componente argumentativo da linguagem, afirma que a argumentação deve ser vista como um meio que visa a interação:


( Produzida por um sujeito e dirigida a sujeitos, portanto, constitutivamente dialógica, a argumentação é, sobretudo, uma atividade interacional. Nesse sentido, torna-se importante salientar o papel que assumem as imagens que o locutor faz de si mesmo e que constrói do interlocutor, as presunções do locutor a respeito das convicções desse interlocutor para escolher e articular os argumentos e os contra-argumentos a serem utilizados no discurso.)

Assim, visto cremos ser o desenho o fator determinante numa charge, o escolhemos afim de destacarmos o quanto esse influencia e auxilia na compreensão da mesma. O trabalho portanto está estruturado da seguinte forma: Introdução, Revisão da Literatura(fundamentação teórica), Metodologia, Análise, Conclusão e Referências Bibliográficas.

A introdução já está supra-citada e executada, posteriormente na revisão da literatura o artigo será fundamentado e serão definidos autores pertinentes a linha de pesquisa, delimitando-se a área de interesse no contexto de potencial estudo. Na metodologia serão apresentados os materiais e os métodos empregados na pesquisa e analisar os dados afim de chegar a resultados. Na análise os dados obtidos na pesquisa são apresentados, comentados e interpretados com o auxílio de um número variável de exemplos. Por fim na conclusão é reafirmada e confirmada a hipótese de estudo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

mais material!!!

Mensagem por Ayrla Morganna em Ter 30 Set 2008, 12:27

meninas enconteri um texto sobre charge muito bom...nao sei se vcs ja viram!!!
o titulo:Multimodalidade e Argumentação na Charge (Maria Clara Catanho Cavalcanti)
estou mandando o resumo do texto pra v se vcs se interessam...(ao todo sao 101 paginas...se quiserem mando por e-mail)
8
Resumo
Como gênero de caráter visual, a charge tem chamado atenção de professores e
pesquisadores. Seu uso como objeto de estudo em escolas e universidades tem crescido
e atingido diferentes áreas. A charge (do francês charger: carregar, exagerar) tem como
objetivo a crítica humorística de um fato específico, geralmente de natureza política. Ela
deve abordar um assunto atual e interessante para o público leitor. O objetivo central
desse estudo é mostrar a como se organizam os modos de linguagem do texto chárgico,
ressaltando que argumentos também podem ser constituídos por linguagem visual.
Nosso ponto de partida é uma análise sócio-interacionista, a qual vislumbra o processo
comunicativo da charge. Em seqüência, apresentaremos uma proposta de análise
multimodal do gênero em estudo para só então realizarmos nossas considerações sobre
a argumentação. Para tanto, nosso corpus é composto por aproximadamente 450
charges, as quais foram coletadas nos três principais jornais de Pernambuco – Jornal do
Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Este trabalho ocorreu
durante os meses de junho a outubro de 2006, período de copa do mundo e de eleições,
assuntos que dão uma boa safra de charges.
Palavras-chave: Charge, Multimodalidade e Argumentação.
Ah!!! O assunto de vcs é muito interessante..

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum